O ANIMAL ERIC BURDON

untitled-2.jpg

Muita gente cita Mick Jagger, Joe Cooker, Van Morrison e uma série de outros nomes quando quer dar exemplos de vigor vocal masculino no rock e no blues. Pouca gente, no entanto, se lembra de um baixinho chamado Eric Burdon. Vocalista dos Animals, banda inglesa contemporânea dos Beatles, Stones, Who, etc, mas que começou a fazer sucesso com uma música nada pop, o blues tradicional e barra pesada The House of the Rise Sun. Os Animals não duraram muito com sua formação original, já que o baixista, Bryan “Chas” Chandler, tropeçou nos pubs de Londres com um cara chamado Jimi Hendrix e resolveu ser empresário daquele guitarrista maluco que tocava como se estivesse possuído pelo demônio. Já o tecladista, Alan Price, decidiu formar uma outra banda, por achar o esquema dos Animals “limitado” demais para suas ambições musicais. Como Eric Burdon nunca quis ser empresário de quem quer que fosse e por ter ambições muito bem definidas desde que abriu a boca para cantar pela primeira vez, ele continou com a banda, que passou por diversas formações até se dissolver por completo. Mas a verdade é que Burdon sempre foi o que sempre foi, ou seja, um cantor de rock e blues. Por isso, um de seus projetos logo após o fim dos Animals foi se juntar a uma banda de funk norte-americana, War, com que desenvolveu um trabalho de cuja importância muita pouca gente se deu conta. Pulando de galho em galho, tocando com músicos de diversas tendências e gerações e respeitado por todos como um dos maiores intérpretes surgidos na década de 60, Burdon continuou na estrada, lançando discos geralmente muito bons, como o último, Soul of Man, de 2006. Melhor, porém, é ver do que esse baixinho inglês, apaixonado pelo blues, pelo rock e pela música negra em geral, é capaz. Os vídeos mais antigos mostram que tudo o que Burdon é já estava lá, desde o início; os mais novos, comprovam que tudo o que Burdon era continua lá, apesar dos – poucos – cabelos brancos e dos – muitos – quilos a mais. Burdon, sem dúvida, continua sendo um animal.

Animals – The House Of The Rising Sun

Eric Burdon and the Animals – The house of the rising sun

Eric Burdon and War – Love is all around (Copenhagen 1971)

Eric Burdon – Lawdy Miss Claudy/Be-Bop-A-Lula [Gastank 1983]

Eric Burdon and the Animals – Spill the wine San Sebastian j

Tabacco Road – Eric Burdon and the Animals

Eric Burdon & WAR – Paint it black (medley)

When i was young Eric Burdon & The Animals 1967

eric burdon and the animals – live 2006 Taratatà France

Eric Burdon and War – Spirit (live Copenhagen 1971)

Eric Burdon and the Animals – Kingsize Jones

corvo21.jpg

Anúncios

2 Respostas para “O ANIMAL ERIC BURDON

  1. Conheci o the animals essa semana. Resolvi fazer uma coletânea dos maiores sucessos de cada ano. Ouvi as músicas de 64 e 65. Fiquei impressionado com esse cara, a voz, interpretaçao, as músicas maravilhosas. Pra mim, até esse momento, esse é o cara, talvez a principal referência dos primórdiios do rock. Beatles, Stones ou Who não me impressionaram tanto quanto o The Animals. Bom saber que esse cara está vivendo, e fazendo música!
    abç

  2. A voz desse homem eh de uma beleza avassaladora consegue passar emoção e ate assustar em the house of the rising sun contagia em its my life encanta em if were a Carpenter e transborda sensualidade em i put spell on you! Eric Burdon eh demais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s