O VERÃO DO AMOR EM MONTEREY

abstract-no7.jpg

O chamado “Verão do Amor” aconteceu em 1967, na Califórnia, EUA, no auge do Movimento Hippie. Foi também em 1967 que aconteceu o Monterey Pop, festival que deu origem a um tipo de evento que se repetiria com freqüência ao longo dos anos seguintes, tendo seu ápice dois anos depois, em 1969, com Woodstock.

joplin_hendrix.jpgSob inspiração e coordenação de John Philips, dos Mamas and Papas, o Monterey Pop ficou marcado também por outros fatos significativos. Foi ali que Jimi Hendrix, depois de ser “compreendido” pelos ingleses e convidado por insistência de Paul McCartney, se apresentou pela primeira vez nos EUA com o Experience.

brian57.jpgFoi no festival também que Janis Joplin e Otis Redding (que morreriam logo depois, uma de overdose e o outro de acidente aéreo) se projetaram no mainstream de então.

montereypop1_thumb.jpgNa Parada, alguns momentos da celebração que aconteceu há 40 anos, entre os dias 16 e 18 de junho de 1967, na cidade californiana de Monterey. Ah, e se você for a San Francisco, não esqueça de usar flores no cabelo, mesmo que pareça estranho…

Scott McKenzie San Francisco Monterey 1967

Janis Joplin @ Monterey Pop Festival

jimi hendrix – wild thing (monterey pop festival 1967)

Otis Redding, Monterey

The mamas and the papas – California dreamin

corvo2.jpg

Anúncios

5 Respostas para “O VERÃO DO AMOR EM MONTEREY

  1. Hendrix, avassaladrix!

  2. Dura lex sed lex, no cabelo só Gumex!

  3. Los hippies se podrían matar. Como a los percebejos. Eran muy tchatos los hippies. Y porquitos. Non se dutchavan y les gustava un violon con foguera. Lo peor es que les gustava también besar en la boca. Asta mismo a las llamas. Un horror. Y todavia se quedavan passando las manos en nuestros rostros, como a polir, e decindonos como eramos lindos y otras mierdas sobre el cielo, el sol e la puta madre de la naturaleza. Los hippies eran muy, muy, tchatos. Los cafadgestes de los Hells Angels no prestaban, mas hacian bien quando davan unos cascudos en los hippies. El mundo esta todavia lleno delos.

  4. Lhmas vivem com a cuca cheia de pisco e a boca cheia de coca. Por isso, vivem falando merda!

  5. É por essas e outras que o Dr. Hunter S. Thompson se drogava tanto.

    Reli uma entrevista dele para a Rolling Stone nos anos 80, onde ele comentava ter sido preso por ter incitado a platéia de uma conferência sua na Universidade de Chicago a seguir até o Aeroporto, onde o Presidente Bush (pai) estava em campanha, para fazer uma coisa decente pela nação: currá-lo.

    Ah, Deus abençoe a América…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s